Make your own free website on Tripod.com
XIX Copa do Mundo da FIFA - 2010
Cristiano Ronaldo
Home

ronaldo_16.jpg

 
Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro, ou simplesmente Ronaldo, Membro da Ordem do Infante Dom Henrique, (Santo António, Funchal, Ilha da Madeira, 5 de Fevereiro de 1985) é um futebolista português que joga como meia ofensivo no Real Madrid e na Seleção Portuguesa, na qual é capitão. Ronaldo tornou-se no jogador mais caro da história do futebol após a transferência do Manchester United para o Real Madrid numa transferência no valor de 80 milhões de libras (94 milhões de euros). Além disso, o seu contrato com o Real Madrid, no qual ele é pago 12 milhões de euros por ano, faz dele um dos jogadores de futebol mais bem pagos do mundo, e a sua cláusula de rescisão está avaliada em 100 milhões de euros.
Ronaldo começou a sua carreira nas categorias de base do Clube de Futebol Andorinha de Santo António. Em 1995, foi para o Clube Desportivo Nacional da Ilha da Madeira e o seu sucesso com a equipe levou-o a assinar com o Sporting por duas temporadas. O talento precoce de Ronaldo chamou a atenção de Sir. Alex Ferguson, treinador do Manchester United. Em 2003, quando tinha apenas dezoito anos de idade, Ronaldo assinou um contrato com o clube inglês, que pagou cerca de 12,24 milhões de libras (15 milhões de euros) ao Sporting. Já na temporada seguinte, Ronaldo ganhou o seu primeiro título com o Manchester United, a Taça da Inglaterra, e chegou à final da Eurocopa 2004 com Portugal, na qual marcou o seu primeiro gol internacional, mas não evitou a surpreendente derrota diante da Grécia. Ronaldo foi incluído na seleção da Euro 2004.
Ronaldo foi o primeiro futebolista a vencer todos os quatro prêmios principais PFA (Associação de Jogadores Profissionais) e FWA (Associação Mundial de Futebol e Estatística), em 2007. Ronaldo ficou em terceiro lugar na votação de melhor jogador do mundo pela FIFA de 2007 e em segundo lugar na votação da Bola de Ouro de 2007. Em 2008, Ronaldo conquistou a sua primeira, e única até hoje, Liga dos Campeões da Europa, com o Manchester United, foi considerado o melhor atacante e o melhor jogador da competição e foi o artilheiro do torneio, assim como ganhou a chuteira de Ouro, tornando-se no primeiro meio-campista a conseguí-lo, e ainda ganhou a Chuteira de Ouro da Premier League. Ronaldo ganhou três dos quatro principais prêmios PFA e FWA, não ganhando apenas o prêmio PFA Young Player of the Year e foi nomeado pela FIFPro, World Soccer, Onze d'Or e pela FIFA (melhor jogador do mundo pela FIFA em 2008), tornando-se no primeiro jogador do Manchester United a ganhar a Bola de Ouro em quarenta anos (o último tinha sido George Best). Foi o primeiro jogador a ganhar o Prêmio FIFA Ferenc Puskás, em 2009, atribuído ao melhor gol do ano. Ronaldo marcou esse gol a 40 metros do gol do Porto num jogo das quartas-de-final da Liga dos Campeões, enquanto jogava pelo Manchester United. Johan Cruyff, três vezes vencedor da Bola de Ouro, disse numa entrevista a 2 de Abril de 2008, "Ronaldo é melhor do que George Best e Denis Law, que foram dois grandes e brilhantes jogadores na história do Manchester United.". Ronaldo ficou em segundo lugar na votação de melhor jogador do mundo pela FIFA de 2009 e segundo lugar na votação da Bola de Ouro de 2009.
Ronaldo tornou-se no maior artilheiro numa temporada na história do Real Madrid, com 53 golos, superando o recorde anterior do clube de 49 gols por Ferenc Puskás. Seis dias depois, Ronaldo quebrou o recorde de mais gols marcados numa temporada na La Liga, com 40, superando a marca de Telmo Zarra estabelecida em 1951 (38 gols) e a marca de Hugo Sánchez estabelecida em 1990 (38 gols). Ronaldo também quebrou o recorde de Telmo Zarra de mais gols por minuto, com um gol marcado a cada 70,7 minutos. O jornal Marca, que entrega oficialmente o Troféu Pichichi (o prêmio de melhor marcador da La Liga), afirmou que Ronaldo marcou 41 golos (o jornal Marca atribuiu mais um gol a Ronaldo que a La Liga, que o atribuiu a Pepe). Ao marcar 40 gols, ganhou de novo a Chuteira de Ouro, tornando-se no primeiro jogador a vencer o troféu em dois campeonatos diferentes. Ronaldo ficou em terceiro na votação de melhor jogador da Europa na temporada de 2010/2011, atrás de Lionel Messi e de Xavi Hernández, e em segundo lugar na eleição da Bola de Ouro da FIFA de 2011, atrás de Lionel Messi e à frente de Xavi Hernández.
Batizado em homenagem ao ex-presidente dos Estados Unidos Ronald Reagan, que era o ator preferido do seu pai, Ronaldo começou a jogar aos oito anos nas categorias de base do Clube Futebol Andorinha de Santo António, na Ilha da Madeira. Em 1995, Ronaldo assinou por um clube local, o Clube Desportivo Nacional, e após dois anos nas categorias de base do clube, foi jogar nas categorias de base do Sporting de Lisboa por causa de uma dívida de 450 mil escudos do Clube Desportivo Nacional com este clube.
Ronaldo juntou-se aos outros jovens jogadores do Sporting e conseguiu tornar-se o único jogador a ter jogado no Sporting Sub-16, Sub-17, Sub-18, B, e na equipe principal numa só temporada. Ronaldo marcou dois gols pelo Sporting na sua estréia pela equipe principal contra o Moreirense, defendendo pela primera vez Portugal no Campeonato Europeu de Sub-17.
Quando Ronaldo tinha quinze anos, foi-lhe diagnosticado um problema no coração, uma condição que poderia tê-lo forçado a desistir de jogar futebol. O Sporting informou a mãe de Ronaldo do problema, a qual, ciente dos riscos, lhe deu autorização para ir ao hospital. Aí, foi submetido a uma operação na qual a área do coração que estava causando o problema foi cauterizada a laser. A cirurgia foi realizada no período da manhã e Ronaldo recebeu alta do hospital no final da tarde, retomando os treinos da equipe apenas alguns dias depois.
Ronaldo foi procurado primeiro pelo Arsenal, mas o técnico Arsène Wenger, não chegou a acordo com a direção do Sporting. No entanto, chamou à atenção de Sir. Alex Ferguson treinador do Manchester United, no verão de 2003, quando o Sporting derrotou o Manchester United por 3 a 1 na inauguração do Estádio José Alvalade XXI, em Lisboa. O desempenho de Ronaldo impressionou inclusive os jogadores do Manchester United, que no vôo de volta a Inglaterra, pediram a Sir. Alex Ferguson para contratar Ronaldo para o lugar de David Beckham, que se transferira para o Real Madrid.
O Manchester United contratou Ronaldo em 2003, por 15 milhões de euros, e renovou o vínculo no dia 13 de Abril de 2007 até 2012.
Apesar de ser jovem ganhou no Manchester United vários títulos invejáveis para qualquer jogador, como a Taça da Inglaterra em 2003/2004, a Taça da Liga Inglesa 2005/2006, a Premier League 2006/2007, a Supertaça da Inglaterra 2007, a Premier League 2007/2008, a Liga dos Campeões da UEFA 2007/2008, o Campeonato Mundial de Clubes da FIFA 2008, a Premier League 2008/2009 e a Taça da Liga 2008/2009. Em 2008, o atacante tornou-se no segundo jogador a conquistar, na mesma temporada, o prêmio de Melhor Jogador do Mundo da FIFA, a Chuteira de Ouro e a Bola de Ouro da revista France Football, um feito só realizado pelo brasileiro Ronaldo, em 1997.
No dia 5 de Junho de 2008, a Sky Sports informou que Ronaldo havia manifestado interesse em transferir-se para o Real Madrid. O Manchester United apresentou uma queixa de aliciamento do Real Madrid à FIFA a 9 de Junho, mas a FIFA recusou tomar qualquer decisão sobre o caso após o Real Madrid negar publicamente. A especulação de que uma transferência aconteceria no ano seguinte continuou até 6 de Agosto, quando Ronaldo confirmou que iria permanecer no Manchester United, por pelo menos mais um ano. No entanto, em Junho de 2009, o Manchester United permitiu que o jogador e o Real Madrid discutissem os detalhes do contrato, uma vez que tinha aceito a proposta de compra.
Depois de muitas especulações, o Real Madrid chegou a um acordo com o Manchester United para a transferência do então melhor jogador do mundo em 2009, pela quantia de 94 milhões de euros em 11 de Junho de 2009. O jogador tornou-se, deste modo, a mais cara contratação da história do futebol mundial, superando os valores da contratação de Zinédine Zidane, também pelo Real Madrid. A sua contratação foi a segunda a ser anunciada pelo Real Madrid para a disputa da temporada 2009/2010 (a primeira havia sido de outra estrela do futebol mundial, a do brasileiro Kaká). Os especialistas da área começaram a discutir duas questões polêmicas: a primeira era como seria o relacionamento de tantos craques e se o excesso de vaidade não poderia atrapalhar o desempnho da equipe, como aconteceu na primeira fase galáctica do Real Madrid, que contava com craques como: Ronaldo, Raúl, Zinédine Zidane, Roberto Carlos, Luís Figo, David Beckham, entre outros. A segunda delas e a mais polêmica era se realmente um jogador de futebol valia tanto dinheiro. A equipe ainda trouxe outros grandes nomes como o espanhol Xabi Alonso, que atuava pelo Liverpool da Inglaterra, e o jovem atacante francês Karim Benzema que jogava no Olympique Lyonnais.
No dia 28 de Julho, o jogador galáctico marcou o seu primeiro gol pela equipe "merengue" na vitória por 4 a 2 sobre a Liga Depostiva Universitária de Quito na Taça da Paz. Em 29 de Agosto, Ronaldo coroou a sua estreia na La Liga com um gol, marcando o segundo do Real Madrid de pênalti em casa, contra o Deportivo La Coruña (o Real Madrid venceria por 3 a 2). A 15 de Setembro, Ronaldo marcou os seus primeiros gols na Liga dos Campeões da UEFA, ambos de bola parada, contra o FC Zürich da Suíça, numa vitória por 5 a 2. Quebrou um recorde do Real Madrid, quando marcou num jogo do campeonato espanhol contra o Villareal e assim se tornou o primeiro jogador a marcar nos seus primeiros quatro jogos na Liga.
Sofreu uma lesão no tornozelo em 10 de Outubro, enquanto jogava por Portugal contra a Hungria, ficando lesionado até 25 de Novembro, o que fez com que perdesse o jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões contra o Milan. Ronaldo fez o seu primeiro jogo pós-lesão numa derrota por 1 a 0 no clássico contra o Barcelona, em 29 de Novembro. Em 6 de Dezembro, foi expulso pela primeira vez na sua carreira na vitória do Real Madrid por 4 a 2 contra o Almería, num jogo em que perdeu um pênalti, mas também marcou um gol. Recebeu o primeiro amarelo por tirar a camisa durante a comemoração de um gol, e o segundo depois de dar um pontapé num adversário três minutos mais tarde. Não atuou pelo Real Madrid na La Liga contra o Valencia, devido à suspensão. Depois de terminada a suspensão, marcou um belo gol na vitória por 6 a 0 sobre o Real Zaragoza, no Santiago Bernabéu pela liga espanhola, na 15ª rodada do campeonato espanhol. Na 23ª rodada do campeonato espanhol, marcou um gol na vitória contra o Villarreal no Santiago Bernabéu por 6 a 2, e com decisiva participação nos outros gols. No campeonato espanhol marcou, na sua primeira temporada, 26 gols, sendo sempre muito decisivo e participativo nas vitórias do Real Madrid, apesar de ter acabado a temporada com o vice-campeonato. Ajudou o seu clube a passar às oitavas-de-final da Liga dos Campeões, marcando 7 gols na competição, sendo que o Real Madrid foi eliminado nesta mesma fase da Liga dos Campeões pelo Olympique Lyonnais. Ronaldo acabou o ano de 2010 com uma média espectacular de gols, tendo chegado à impressionante marca de 46 gols em 48 jogos, o que dá uma média de 0,95 gols por jogo.
No dia 15 de Maio de 2011, Ronaldo tornou-se no maior artilheiro numa única temporada na história do Real Madrid com 53 gols, superando o recorde anterior de 49 gols de Ferenc Puskás. Ronaldo superou o recorde de maior número de gols marcados numa temporada da La Liga, com 40 gols, superando a marca de Telmo Zarra de 1951, e a marca de Hugo Sanchez de 1990 (38 gols), com o jornal esportivo Marca a entregar-lhe oficialmente o troféu Pichichi (maior goleador da Liga), alegando que marcou 41 golos (o jornal desportivo Marca atribuiu a ele um gol que a La Liga atribuiu à Pepe num jogo contra a Real Sociedad).
Ronaldo ficou em terceiro lugar na eleição de melhor jogador da Europa na temporada de 2010/2011, atrás de Lionel Messi e de Xavi Hernández, e em segundo lugar na eleição da Bola de Ouro da FIFA de 2011, atrás de Lionel Messi e à frente de Xavi Hernández.
Foi convocado pela primeira vez para a Seleção Portuguesa de Futebol para um amistoso diante do Cazaquistão, jogo que Portugal venceu por 1 a 0.
Ronaldo foi convocado para a Euro 2004 que foi realizada em Portugal, tendo marcado o seu primeiro gol pela Seleção na Grécia na fase de grupos, jogo que Portugal perdeu por 2 a 1. Marcou também na vitória por 2-1 na semifinal sobre a Holanda. Neste mesmo ano representou Portugal nos Jogos Olímpicos em Atenas.
Nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA 2006, foi o segundo artilheiro na zona européia, com sete gols, e marcou o seu primeiro gol numa Copa do Mundo sobre o Irã, de pênalti.
Foi muito criticado devido à uma piscadela de olho que deu em direção ao banco de Portugal, logo após a expulsão de Wayne Rooney, nas quartas-de-final diante à Inglaterra, jogo que Portugal venceu. No dia 4 de Julho, o árbitro explicou à imprensa que o cartão vermelho mostrado a Rooney foi devido a uma infração e não foi influenciado pela contestação de Ronaldo.
A reação controversa da imprensa Inglesa, fez com que Ronaldo ponderasse a saída do Manchester United, e supostamente disse ao Diário Marca que gostaria de ser transferido para o Real Madrid. Em resposta à especulação, Alex Ferguson pediu a Carlos Queiroz, o então adjunto do Manchester United, que fosse conversar com Ronaldo, com a finalidade de tentar mudar a sua decisão. Ronaldo ficou, e assinou a renovação do seu contrato em Abril de 2007 por mais 5 anos.
Foi considerado a revelação da Copa do Mundo da FIFA 2006, competição em que Portugal ficou em 4º lugar, à frente de seleções como Brasil, Argentina, Inglaterra, Holanda e Espanha. No jogo contra a Holanda, saiu machucado ainda no primeiro tempo por causa de uma violenta entrada do zagueiro central Khalid Boulahrouz, que mais tarde seria expulso.
Na campanha das Eliminatórias para a Euro 2008, Ronaldo marcou oito gols, mas terminou o torneio com apenas um gol, marcado sobre a Républica Tcheca. Portugal acabaria por ser eliminado pela Alemanha.
Com a contratação de Carlos Queiroz como novo técnico da seleção, Ronaldo foi nomeado o novo capitão da Seleção Portuguesa de Futebol, sucedendo assim Nuno Gomes, capitão na Euro 2008.
Depois da sua lesão no jogo contra o Olympique de Marseille no jogo da Liga dos Campeões da UEFA, Ronaldo foi dúvida para os dois últimos jogos contra Hungria, e Malta. Ronaldo pensou ter se recuperado a tempo do jogo frente à Hungria, e com muita controvérsia e discordância do Real Madrid, foi mesmo ulilizado por Queiroz diante dos Húngaros. Ronaldo fez a assistência para o gol de Simão e Portugal ganhou por 3 a 0. Porém, Ronaldo sentiu novamente a lesão, que tinha se agravado, e foi subsituído aos 27 minutos da partida, acabando por não jogar contra Malta. Com a Seleção Portuguesa tendo que jogar um playoff, Ronaldo era a maior dúvida para os dois duelos diante da Bósnia-Herzegovina. Contra a vontade dos Merengues, Queiroz convocou Ronaldo para que este fosse reavaliado pela equipe médica da Seleção Portuguesa, e depois de passar pelos devidos testes, foi anunciado que ele não tinha condições de disputar os dois jogos. Portugal eliminou a seleção da Bósnia-Herzegovina, e assim se classificou para a fase final da Copa do Mundo de 2010.
Em 21 de Junho, no jogo contra a Coréia do Norte, Ronaldo marcou o 6º gol na vitória de Portugal por 7 a 0 acabando assim com um jejum de dezesseis meses sem marcar pela Seleção. Portugal acabou sendo eliminado pela Espanha nos oitavas-de-final, por 1 a 0. Os espanhóis viriam a ser campeões da competição.
Ronaldo marcou dois gols por Portugal contra a Bósnia-Herzegovina no segundo jogo do playoff das Eliminatórias Européias para a Euro 2012, num jogo em que Portugal, depois de ter empatado em Zenica por 0 a 0 no primeiro jogo, venceu por 6 a 2 em Lisboa no segundo jogo, classificando-se para a fase final da competição.
Ronaldo já teve inúmeros relacionamentos, incluindo casos com a atriz indiana Bipasha Basu, com a modelo e apresentadora portuguesa Merche Romero e com a atriz inglesa Gemma Atkinson. Atualmente namora com a modelo russa Irina Shayk. Em Julho de 2010, revelou que foi pai de um rapaz, não revelando a identidade da mãe.
No ano de 2005, o seu pai morreu, e em 2007 com 22 anos, lança uma biografia intitulada "Momentos", onde fala da sua vida pessoal e dos seus amores.
Em Janeiro de 2011, foi considerado o futebolista mais popular na rede social Facebook, com mais de três milhões de seguidores. Em 16 de fevereiro de 2011, alcança os vinte milhões de fãs no Facebook. Em 29 de junho de 2011, alcança os trinta milhões de fãs.
É a imagem de marcas como Giorgio Armani, Banco Espírito Santo, Nike, Time Force, da Castrol e do shampoo Clear.
Em Dezembro de 2009 lançou, com o Real Madrid, a biografia "Sueños cumplidos" (em espanhol) ou "Sonhos realizados" (traduzido para português). Esta biografia deve ser a primeira de uma série lançada sobre os jogadores do Real Madrid. Tem um irmão mais velho, Hugo, e duas irmãs mais velhas, Elma e Cátia Liliana.

Volta à página principal