Make your own free website on Tripod.com
XIX Copa do Mundo da FIFA - 2010
Andrea Pirlo
Home

andrea-pirlo-4.jpg

 
Andrea Pirlo (Flero, 19 de maio de 1979) é um futebolista italiano que atua como meia. Atualmente, joga na Juventus.
Pirlo é conhecido por genial movimentação em campo com dribles curtos e e maestria em assistências, dono de um preciso remate de media-longa distância, é especialista em bola parada, e também ele é um dos líderes da Azzurra.
 
Iniciou a carreira em 1992, nas categorias de base do Brescia, atuando como atacante. Jogou profissionalmente a temporada 1994/1995 na série A do Calcio, onde foi rebaixado para série B. Disputou ainda as temporadas 1995/1996 e 1996/1997, quando foi destaque e levou sua equipe de volta à elite do futebol italiano.
Foi para a Internazionale em 1998, juntando-se a Ronaldo e Clarence Seedorf (que anos depois voltariam a ser companheiros no Milan), num time recheado de craques.
Na Internazionale não obteve muitas oportunidades e foi emprestado para o Reggina em 1999.
Voltou a Internazionale em 2000 e foi novamente emprestado ao seu clube de origem, o Brescia.
Em 2001, foi para o Milan. Devido sua excelente técnica do começo de carreira jogando de atacante, passes precisos, cobranças de falta magistrais e uma tranquilidade tamanha, Pirlo foi recuado e se encaixou perfeitamente no meio-campo do A.C. Milan onde foi fundamental na conquista de vários títulos.
Porém, desde a Copa do Mundo de 2006, que para muitos foi o melhor da competição, ele não mantém a regularidade e coleciona varias lesões nesse período.
Encerrou seu ciclo no Milan na temporada 2010/2011, quando anúnciou que não renovaria seu contrato. E apesar de decidir não falar sobre seu futuro, foi inevitável não flagrar o meia fazendo os exames médicos na Juventus, no dia 24 de maio de 2011. Mesma data em que houve o anúncio oficial do clube, num vínculo de 4 anos com o atleta.
 
Desde 1994 nas seleções de base da Itália, ele foi o único italiano a disputar duas Olimpíadas, em 2000 e 2004, ano em que também disputou a Eurocopa pela seleção principal.
Andrea Pirlo não foi à Copa do Mundo de 1998 por ser considerado na época ainda muito jovem e porque a Azurra tinha nomes como Albertini, Di Livio, Roberto Baggio, Vieri e Del Piero, o que para a torcida italiana parecia um absurdo a não convocação dele e de Francesco Totti, depois da decepcionante participação naquela Copa.
Entretanto, foi titular absoluto da campeã Azzurra na Copa do Mundo de 2006, um jogador muito importante para o esquema do técnico Marcello Lippi. Fez o gol de estreia da Itália na Copa do Mundo de 2006 contra Gana, no dia 12 de junho de 2006, e ganhou o título de "Homem do Jogo Budweiser" (dado ao melhor atleta da partida) três vezes: no primeiro jogo, contra Gana; na semifinal, vitória por 2 a 0 sobre a Alemanha; e na final, vitória por 5 a 3 na disputa por pênaltis contra a França, após o empate em 1 a 1. Ganhou, da FIFA, o título de Bola de Bronze (dado ao 3º melhor jogador do mundial), o que para muitos especialistas foi uma injustiça pois ele teria sido o melhor jogador da competição.
Após a Copa do Mundo de 2006, Pirlo e a Seleção Italiana não conseguiram êxito com o novo técnico Roberto Donadoni, que tentou uma renovação na Azurra na Eurocopa 2008. Acabaram sendo eliminados nas quartas-de-final diante da Espanha.
Com isso, cai Donadoni e retorna Marcello Lippi, que deposita enorme confiança em jogadores mais experientes, dentre eles Andrea Pirlo.
Pirlo e seus companheiros se classificam para Copa do Mundo de 2010 na África do Sul com uma certa facilidade, porém os torcedores e a imprensa despejaram críticas na seleção de Marcello Lippi, por conter muitos jogadores acima dos trinta anos. A Itália fez uma campanha frustrante, sendo eliminada ainda na primeira fase.

Volta à página principal