Make your own free website on Tripod.com
XIX Copa do Mundo da FIFA - 2010
Salomon Kalou
Home

salomon-kalou-of-ivory-coas.jpg

Salomon Kalou (Oumé, 5 de agosto de 1985) é um futebolista marfinês que atua com atacante. Atualmente, defende o Chelsea.

Foi revelado pelo Feyenoord, em 2003.

Acabou acalentando o sonho de jogar pela Holanda, resolvendo então recusar as convocações da seleção de seu país natal para poder ter esse direito. Kalou desejava disputar a Copa do Mundo de 2006 pela Laranja - curiosamente, a mesma cor da Costa do Marfim; os país ainda por cima se enfrentariam, na primeira fase. Salomon Kalou, entretanto, necessitava da cidadania holandesa para poder atuar pela seleção de seus sonhos, mas era preciso que ele residisse por mais um naquele país.

Tentou apelar ao governo holandês para que este lhe concedesse a cidadania em tempo recorde, mas o procedimento acelerado foi negado pela Ministra da Integração, Rita Verdonk, conhecida por sua política de restrições à concessão da cidadania holandesa. Kalou, altamente cotado por Johan Cruijff e Marco van Basten como uma alternativa a Arjen Robben e Robin van Persie, acabou não indo ao mundial. Seu irmão, Bonaventure Kalou, acabou indo, pela Costa do Marfim. Caso Salomon tivesse conseguido a cidadania, ocorreria o ineditismo nas Copas do Mundo de dois irmãos estarem jogando e se enfrentando por países diferentes.

Kalou chegou ao Chelsea em 30 de maio de 2006 por uma taxa não revelada, pensou estar entre 8 a 10 milhões de libras. Ele tem contrato com o clube inglês até 2009. A Kalou foi dada a camisa número 21. A transferência acabou por encerrar, por hora, suas chances de obter a cidadania neerlandesa, conforme explicou em entrevista dada à Revista Placar:

"Eu estava jogando bem pelo Feyenoord, então o técnico Van Basten queria que eu jogasse a Copa do Mundo de 2006 pela Seleção da Holanda. Mas eu estava no país havia quatro anos, e para ter a cidadania holandesa você precisa ficar lá cinco anos. Ocorreram alguns problemas políticos, então as coisas não deram certo. Se esperasse mais um ano, poderia pegar o passaporte holandês, mas aí apareceu a oportunidade de assinar com o Chelsea. Tive de fazer uma escolha: ou ficava mais um ano no Feyenoord e jogaria pela Seleção Holandesa ou viria para o Chelsea e atuaria com grandes jogadores. Foi uma decisão difícil, mas optei pelo Chelsea e não me arrependo."

Conforme falou, a motivação em atuar ao lado dos ídolos era tamanha que, na mesma entrevista, admitiu ter levado uma câmera para fotografar-se ao lado deles. Um deles era seu compatriota Didier Drogba. Posteriormente, Kalou, sem tantas alternativas, aceitou defender a Seleção Marfinense.

Volta à página principal