Make your own free website on Tripod.com
XIX Copa do Mundo da FIFA - 2010
Didier Drogba
Home

didier-drogba280.jpg

Didier Yves Drogba Tébily, mais conhecido como Didier Drogba (Abidjan, 11 de março de 1978), é um futebolista marfinense que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Chelsea.

Drogba é considerado um dos melhores atacantes e jogadores em atividade no mundo. É também a estrela maior do futebol de seu país natal, a Costa do Marfim.

O talento de Drogba para o futebol, começou a revelar-se ainda muito cedo. Ao dar conta da "pérola" que tinha na família, o seu tio Michael Goba, que jogava no futebol francês, conveceu os pais do jovem Drogba para que tentasse a sorte na França.

Inicialmente jogador de lateral-direita, foi convecido por seu tio a jogar no ataque Entretanto, sem oportunidades, o garoto resolveu voltar à Costa do Marfim.

Mas o destino encarregou-se de dar outra chance a ele, quando a sua família, devido às dificuldades econômicas do país, teve de emigrar definitivamente para França, em 1989.

Nas categorias de base do Levallois, Drogba foi formando o seu estilo e o seu corpo, até que em meados de 1998, o Le Mans, da segunda divisão, decidiu contratá-lo. Duas temporadas e meia depois bastariam para dar o salto para o mais alto nível do futebol, com a camisa do Guingamp da primeira divisão, onde marcou 20 gols em uma temporada.

Um contributo que não passou despercebido no sul da França, onde o Olympique de Marseille, um dos principais clubes do país, aceitou pagar cerca de cinco milhões de euros por seu passe. A raça e a potência de Drogba valeram-lhe em poucos jogos a admiração dos torcedores marselheses e o marfinense foi o vice-artilheiro da Ligue 1, além de ser eleito o melhor jogador do Campeonato Francês e de ter levado a sua equipe à final da Copa da UEFA, que perderia para o Valencia de Rafael Benitez.

Em seguida, José Mourinho, recém-chegado ao Chelsea, logo ordenou sua contratação. Embora uma série de lesões o impedisse de dar sempre o seu melhor pela equipe, "Drogs", em sua primeira temporada, teve uma grande participação na reconquista do Premier League, cinquenta anos após o último título da equipe no torneio. O time também chegou às semifinais da UEFA Champions League.

Logo tornou-se um dos ídolos e jogadores-símbolo dos Blues, a ponto de sua insatisfação com Luiz Felipe Scolari, que insistia em deixá-lo fora do time titular (embora o marfinense estivesse voltando de lesão) e que não permitiu sua negociação em janeiro de 2009 ter sido um dos motivos que determinaram a saída prematura do técnico brasileiro, no mês seguinte.

No auge de sua forma, foi fundamental para a Costa do Marfim na classificação para as Copas de 2006 e, mais recentemente, 2010, que foi realizada no seu continente natal.

Já célebre, comandou a Costa do Marfim rumo à classificação da primeira Copa do Mundo de sua seleção, a de 2006, conseguindo a vaga com um ponto de diferença sobre Camarões (que não eram eliminados da disputa desde 1985), de Samuel Eto'o, tendo eliminado também o Egito, do ex-companheiro de Olympique Marseille, Mido.

Já nas eliminatórias africanas para a Copa do Mundo 2010, a Costa do Marfim obteve sua classificação com mais facilidade e antecedência, já que as outras seleções de sua chave eram muito inferiores. Foi uma das primeiras seleções a se classificar para o torneio, que será realizado na África do Sul.

Após uma forte dividida com o brasileiro naturalizado japonês Marcus Túlio Tanaka, em um amistoso contra o a seleção japonesa, em 4 de junho de 2010, Drogba sofreu uma fratura no cotovelo direito. O jornal francês "L'Equipe" previamente anunciou que ele não poderia jogar a Copa do Mundo de 2010. Porém, passou por uma cirurgia, que foi classificada como "fantástica", e teve uma rápida recuperação. Pela previsão inicial, Drogba deveria retornar no segundo jogo de sua seleção na Copa, contra o Brasil. No dia 20 de junho de 2010, tornou-se o primeira jogador de uma seleção africana a marcar um gol contra o Brasil no sexto confronto entre o selecionado canarinho e as seleções africanas.

Volta à página principal